Pesquisar

CAp na Quarentena💚

2020 04 22 2

Compartilhe / Siga-nos

youtube animada CAp-UFRJ na quarentena
facebook logo or icon by obinoobie @CAp.UFRJ.1948
twitter @cap_ufrj 
insta1 70x70 @cap.ufrj.oficial 

Ajude a UFRJ no combate ao COVID-19

Campanha Doacoes UFRJ

UFRJ_100

Screenshot 2019 09 07

Revista

icon

CESPEB

logo cespeb

SICEA

LogoSicea

CAp 70 anos

cap portal 150

Clique no banner acima para 
acessar o VÍDEO comemorativo
dos 70 anos

 

Doc1

 Projeto Memória CAp 

Sítios afins

 fe logo
 logoCFP2
 cropped top condicap
 logoAPACAP

AVA CAp

ava peq

Essa Conta é de Todos

       cartazes principais 1

 
O Grupo de Trabalho (GT) Pós-Pandemia, instituído pela Reitoria para embasar as decisões da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) sobre o novo normal na Universidade, apresentou planejamento de retorno. O estudo é extenso e inclui a retomada das aulas, que deve acontecer remotamente entre julho e setembro.

Para desenvolver o plano, o grupo precisou colher dados das sete pró-reitorias e da Prefeitura Universitária, além de acompanhar o passo a passo das discussões dos conselhos superiores da UFRJ e tabular ações de grandes universidades de onze países ao redor do mundo.

“A Universidade é muito ampla e diversa. Nosso poder é de induzir uma melhor forma de funcionamento”, afirmou Eduardo Raupp, pró-reitor de Planejamento, Desenvolvimento e Finanças e coordenador da força-tarefa, que ratificou a necessidade de ampla discussão pela comunidade acadêmica.

 

foto: Artur Moês (Coordcom/UFRJ)


Conheça as fases projetadas

As fases 1 e 2 representam o conjunto de ações emergenciais no combate à pandemia, ou seja, a UFRJ, como primeira universidade criada pelo governo federal, preocupou-se com a sua missão de contribuir com a solidariedade nacional cooperando no enfrentamento da COVID-19, e não apenas suspendendo as aulas. Uma força-tarefa com 25 áreas de atuação foi criada e virou destaque em todo o país. Relembre.

As fases 3 a 5 concentram-se no retorno gradual das atividades presenciais na Universidade, sendo sempre observados requisitos institucionais e epidemiológicos para a segurança da comunidade.

Arte: Caio Caldara (Coordcom/UFRJ)



Em geral, seis grandes temas sempre são considerados em cada progressão de fase:

  • saúde e biossegurança;
  • condições de trabalho;
  • ensino remoto emergencial e plataformas digitais;
  • infraestrutura e serviços;
  • mobilidade urbana;
  • biblioteca, museus e espaços culturais.

As fases são pensadas para os campi Cidade Universitária, Praia Vermelha, Duque de Caxias e Macaé, além das decanias, unidades, prédios isolados, Complexo Hospitalar, laboratórios de ensino, pesquisa e extensão e residência estudantil. Grupos temáticos também serão criados nas diversas unidades da UFRJ a fim de estudar cada um desses seis temas.

A ideia é de que haja discussão e refinamento do plano de faseamento, com distribuição dos membros do GT Pós-Pandemia nos grupos temáticos, acompanhamento dos requisitos, sugestão de mudanças de fases, além de publicação de estudos, avaliações e recomendações.

 

Fonte:www.ufrj.br

 

UFRJ CAp - Colégio de Aplicação da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ